Altas ondas e muitos tubos na segunda etapa do 7º Circuito Projeto Golfinho Rotador de Surf em Noronha

  |   Notícias   |   0 comentários

A Praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha, estava em um dia clássico para receber a segunda etapa do 7º Circuito Projeto Golfinho Rotador de Surf. Os surfistas aproveitaram as condições do mar para investir na manobra mais valiosa: o tubo. A segunda etapa da competição aconteceu nos dias 18 e 19 de fevereiro. O Projeto Golfinho Rotador, em parceria com a Associação de Surf de Fernando de Noronha (ASFN), realiza o circuito desde 2010 com patrocínio da Petrobras.

“Aqui na Praia da Cacimba a onda é mais perfeita. O lugar de tubo é aqui na Cacimba”, explicou Elias Lama, um dos jurados da competição. Quem também integrou o grupo de jurados desta etapa foi Felipe Martins, Aldemir Calunga e Cristiano Saraiva.

 

Como as ondas estavam grandes, algumas categorias ficaram suspensas nesta etapa para maior segurança dos atletas. Foram elas: Petit, Mirim, Sub-21 e Feminino. A primeira etapa do campeonato aconteceu na Praia da Conceição nos dias 16 e 17 de fevereiro.

 

O grande vencedor da segunda etapa na categoria Master foi o atleta Dudu Souza, 34 anos. “Foi super difícil. O mar estava com ondas grandes. Tive a sorte de encontrar duas ondas boas e dois tubos para ganhar na categoria Master”, explicou o campeão. O segundo lugar na Master foi conquistado pelo surfista Marlos Amarante. Nego Noronha ficou em terceiro lugar e Hudson Felipe na quarta colocação.

 

Mais uma vez o surfista profissional Patrick Tamberg, 30 anos, conquistou o primeiro lugar na categoria Pro-am (profissional e amador), na primeira etapa ele também se sagrou campeão. “Aqui na Praia da Cacimba é sempre mais difícil. Os atletas de Noronha sabem entubar muito bem. Quem tiver no lugar certo, com certeza vence. Nego Noronha esperou muito na tentativa de pegar a melhor onda da bateria. Já eu, optei por pegar quando elas vinham. Mas depois que Nego pegou um tubo, eu comecei a escolher melhor as ondas”, explicou o estrategista Patrick.

 

Nego Noronha ficou em segundo lugar, mas mesmo não sendo o grande vencedor da competição, ele foi o surfista que pegou o tubo mais aplaudido do campeonato e até ganhou torcida organizada. Turistas de Recife e Salvador ficaram sabendo do circuito de surf e decidiram privilegiar o evento. Quando questionados para qual atleta eles estavam torcendo, a resposta foi unânime: Nego Noronha. “É a minha primeira vez em Fernando de Noronha. Estou achando muito legal o campeonato. No começo eu achei bem assustador com essas ondas grandes, eu fiquei preocupada com os atletas, mas vi que eles conseguiam surfar”, afirmou a turista Manuelle Marins.

 

O terceiro lugar da categoria Pro-am ficou com Dudu Souza e Buday Santos. Já no bodyboard, o grande campeão foi Ruan Victor. Seguido de Lucas Chicote (2º lugar), Isaias Profeta, (3º lugar) e Eron Pereira (4º lugar).

 

Rildo Iaponã, vice-presidente da Associação de Surf de Fernando de Noronha (ASFN), ficou satisfeito com o resultado de mais uma etapa da competição. “Hoje, aqui na Praia da Cacimba, foi show de surf com os tubos”, afirmou Iaponã. A previsão é de que a terceira etapa ocorra nos dias 22 e 23 de fevereiro. Caso as condições do mar não estejam satisfatórias, a última etapa passa então para os dias 25 e 26 de fevereiro.

Resultado da 2ª etapa do 7º Circuito Projeto Golfinho Rotador de Surf – 18 e 19 de fevereiro 2017

Pro-am
1º Patrick Tamberg
2º Nego Noronha
3º Dudu Souza/Buday Santos

 

Master
1º Dudu Souza
2º Marlos Amarante
3º Nego Noronha
4º Hudson Felipe

 

Bodyboard
1º Ruan Victor
2º Lucas Chicote
3º Isaias Sousa (Profeta)
4º Eron Pereira

SEJA AMIG@ DOS GOLFINHOS!

Torne-se sócio colaborador para ajudar a pesquisa e conservação dos golfinhos-rotadores e de Fernando de Noronha!

Saiba como acessando http://golfinhorotador.org.br/seja-amigo-dos-golfinhos/

Assessoria de Comunicação do Projeto Golfinho Rotador

Seja o 1º a comentar

Deixe seu comentário